Curso promovido pelo SEBRAE/RJ visa capacitar gestores municipais

 Uma equipe interdisciplinar da prefeitura de Volta Redonda está participando do programa Lidera Rio – Formação de Líderes Públicos com Foco em Resultados. O curso é oferecido pelo SEBRAE/RJ, que seleciona previamente quais cidades serão contempladas, e visa oferecer capacitação para fomentar o desenvolvimento de municípios. O curso teve início em maio e outras sete cidades também foram selecionadas: Porto Real, Resende, Piraí, Duque de Caxias, Paty do Alfereres, São Pedro da Aldeia e Itaboraí. Ao final da capacitação, o SEBRAE premiará as cidades que apresentarem as melhores iniciativas.

O prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, comentou sobre a participação dos profissionais da prefeitura no Lidera Rio. “Com planejamento e gestão é possível colher resultados importantes e positivos para a cidade. Volta Redonda merece serviços de qualidade, por isso incentivar a capacitação das equipes está alinhado a nossa estratégia. Espero que os profissionais que estão participando do curso realmente apresentem um bom trabalho e aproveitem a oportunidade que o SEBRAE está proporcionando”, frisou Samuca Silva.

No total dez profissionais da prefeitura de Volta Redonda foram indicados para o Lidera Rio. Paulo César Coutinho da Silva é funcionário de carreira da Controladoria Geral e é um dos participantes. “Como eu sou profissional de carreira, eu vou ter a chance de dar continuidade ao que estamos aprendendo e também aos projetos que vamos sugerir. Para mim esse curso representa um reconhecimento”, destacou Paulo César.

“É um reconhecimento do trabalho que a gente desenvolve e isso empodera os funcionários para criar e desenvolver projetos em prol do município. Eu me sinto feliz em participar e poder contribuir”, disse Thais de Oliveira Ferreira de Souza, subsecretária municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo.

 

O programa do Lidera Rio vai contemplar três etapas, ao longo de 26 semanas, ou seja, seis meses. A primeira etapa, com 12 semanas, será de capacitação e terá seis disciplinas-chave: estrutura de gestão municipal; desenvolvimento de liderança; planejamento estratégico; tendências do setor público; gestão de projetos e metas; e processos e tecnologia.

Em seguida, por duas semanas, serão promovidas oficinas de desdobramento. A última fase prevê o monitoramento dos participantes durante 12 semanas, com mentoria de um especialista ao longo do projeto e visita aos municípios, a fim de acompanhar sua implementação.

Ana Lucia de Araújo Lima é coordenadora regional do SEBRAE do Médio Paraíba. Ela comentou sobre a premiação. “É um incentivo para que as prefeituras desenvolvam bons projetos. Vamos premiar o melhor projeto por município, o melhor projeto por categoria e o melhor projeto no geral. Quanto mais consolidados os projetos, mais chances de transformação para a sociedade e o resultado são prefeituras mais eficientes e mais capacitadas”, destacou Ana Lucia.