Garantir que moradores em situação de rua tenham melhores oportunidades de vida é o maior desafio da secretaria

A Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos de Barra Mansa, acompanhada de profissionais do Centro Pop (Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua), se reuniu nesta semana, com representantes do Saae (Serviço Autônomo de Água e Esgoto e da CoopCat (Cooperativa de Catadores de Barra Mansa). A pauta do encontro foi centralizada na necessidade de inserir usuários dos serviços do Centro Pop em propostas de geração de renda.

De acordo com a secretaria Ruth Coutinho, um dos grandes desafios enfrentados pela população em situação de rua é o retorno ao mercado de trabalho. “Em geral, as pessoas resistem em oferecer uma oportunidade a quem vive em situação de vulnerabilidade social, seja no mercado formal ou informal. Precisamos quebrar esse paradigma e buscar meios que possam devolver a esse público uma vida digna”, analisou a secretária.  

Durante o encontro foi estabelecida uma parceria, que pode se tornar um divisor de águas na vida das pessoas em situação de rua. Será oficializada a contratação de dois usuários do Centro Pop pela CoopCat. “Faremos os procedimentos legais junto ao corpo jurídico competente para iniciar essa proposta. Já há algum tempo temos trabalhado nessa perspectiva e hoje, temos dois usuários atuando no mercado formal e outros, no informal”, destacou Rutinha.

De acordo com o coordenador do Centro Pop, José Roberto Machado, após todo o processo de regularização, alguns dos usuários serão selecionados para trabalhar e, até mesmo, futuramente serem cooperados ajudando no trabalho de reciclagem na cidade. “O maior intuito do nosso trabalho é fazer o resgate do usuário que, de certa forma, retorna no contexto social, tendo em vista que o nosso publico são pessoas em situação de rua”, concluiu.