Proposta elaborada em parceria com universitários do UBM inclui um novo mapeamento geral do local e das quadras existentes, identificação da numeração das sepulturas, recadastramento e a informatização dos dados da unidade mortuária

A secretária de Assistência Social e Direitos Humanos de Barra Mansa, Ruth Coutinho, entregou na manhã desta terça-feira (05), ao prefeito Rodrigo Drable, o projeto de modernização do Cemitério Municipal. A proposta foi elaborada pela administração da unidade mortuária, em parceria com alunos do curso de Engenharia Civil, do UBM (Centro Universitário de Barra Mansa). O evento ocorreu no gabinete do Executivo e contou com a presença do ex-deputado Ademir Melo, também parceiro da proposta.

O projeto contempla um novo mapeamento geral do local e das quadras existentes, a identificação da numeração das sepulturas, bem como o recadastramento e a informatização dos dados da unidade.

Segundo o supervisor de Serviços Funerários, Alan Carlos Soares, e o supervisor de Serviços Funerários, Leonardo Matias, a equipe do cemitério já efetuou a informatização das sepulturas datadas de 1940 até os dias de hoje. “Por meio de outras parcerias foi possível utilizar drones para a captação de imagens áreas do cemitério com a finalidade de melhor identificação dos jazigos. Nossa expectativa é realizar no prazo de três meses o mapeamento e identificação de todos os túmulos”, destacaram.

Eles disseram ainda que após este processo, será feita a convocação da população para o recadastramento das sepulturas e apresentação dos documentos e regularização de posse. “Nosso trabalho já está na etapa de digitalização dos dados de posse dos jazigos por quadra. Posteriormente, nossa ideia é disponibilizar um site com os dados de obituário e documentação de propriedade dos jazigos. Também pretendemos desenvolver um aplicativo de informações, dados e documentos para que familiares tenham condições de acesso aos serviços oferecidos pelo Cemitério Municipal”, detalharam.

Ruth Coutinho destacou a importância do trabalho. “Com o mapeamento, criamos oportunidades para ampliar o número de gavetas e ossuários de modo a garantir segurança e principalmente respeito aos amigos e familiares enlutados. Com esse sistema também será possível transformar aos poucos o cemitério numa unidade ecologicamente correta”, disse.

Rodrigo Drable agradeceu o empenho da equipe e disse que o Cemitério Municipal tem grande valor sentimental para o município.