Bebê nasceu três horas depois do casamento

Um jovem casal, um casamento inusitado e um bebê que chegou uma semana antes do previsto. A estudante Flavia Melissa Pinheiro, de 18 anos, e o frentista Mateus Lopes dos Santos, de 21, se casaram na maternidade do Hospital São João Batista (HSJB), nesta sexta, dia 29. Em vez de ir para o cartório, Flavia, que entrou em trabalho de parto no meio da manhã, teve que ser levada para o hospital.

O casamento seria às 9h, foi quando a madrasta de Mateus teve a ideia de convidar o juiz de paz para realizar o casamento dentro do HSJB.   “Já estava tudo certo para o casamento e eles não queriam desmarcar, então eu fui até o juiz e expliquei a situação, e ele nos atendeu prontamente. Nós pedimos autorização do hospital e também fomos prontamente atendidos”, detalhou Gabriele Valim de Oliveira, madrasta de Mateus.  

Bernardo nasceu três horas depois do casal dizer o sim e Mateus foi o primeiro a visitá-lo. “Foi uma emoção muito grande. É nosso primeiro filho e ele chegou num momento importante de nossa vida”, disse. “A gente esperava que ele nascesse entre o dia 30 de junho e 5 de julho, mas ele veio hoje aqui no Hospital São João Batista. Foi vontade de Deus e a gente ficou muito feliz. Esse momento ficará marcado para sempre”, comentou Flávia.

“A nossa principal missão é a entrega da saúde e bem estar. E quando a família nos pediu autorização, nós avaliamos toda a situação e vimos que era viável e autorizamos. Foi a primeira vez que aconteceu um casamento na maternidade do hospital. E nós ficamos felizes, pois o comprometimento da equipe médica e de todos os envolvidos foi fundamental”, disse a diretora do HSJB, Elizângela Laffitte Alves.