Obra deve ser concluída em maio; retorno das atividades com pacientes e familiares ainda será avaliado

O Centro de Atendimento para Pessoa Idosa com Alzheimer e Familiares,  Centro-Dia Synval Santos, está passando por reforma total em Volta Redonda. A Smac (Secretaria Municipal de Ação Comunitária), responsável pelo espaço, retomou o contrato existente com a empresa licitada para executar a obra, que deve ser concluída em maio deste ano. A unidade é primeiro centro público especializado no atendimento a pessoas portadoras da doença de Alzheimer no Brasil, localizado no bairro Jardim Paraíba.

O secretário de Ação Comunitária, Munir Francisco, comentou que o Centro-Dia foi inaugurado em 2014, no então governo Neto, e devido à pandemia da Covid-19 o retorno das atividades no espaço será realizado em tempo oportuno e seguro. “Em 2019, os atendimentos do Centro-Dia foram transferidos para o Cras do Brasilândia, mas em breve o Cras do bairro voltará com os serviços de Assistência Social”, disse.

O Centro

O Centro de Atendimento fica localizado na Rua 548, número 101, Jardim Paraíba, ocupando uma área construída de 870 metros quadrados. A unidade possui dois andares com: recepção, três salas de atividades, duas salas de repouso (com TV, lavabo e banheiros adaptados), sala de acolhimento, sala da diretoria e equipe, sala para equipe de apoio, cozinha, refeitório, área de convivência coberta, área para caminhada, área externa, banheiros masculino e feminino adaptado e auditório para 50 pessoas, recepção, entre outras.

O local poderá atender até 100 pessoas, sendo 40 pessoas diariamente e os demais semanalmente, que serão acompanhadas por uma equipe multidisciplinar. Os usuários poderão fazer diariamente inúmeras atividades em grupo, como movimentos de estímulos com a atenção de fisioterapeutas, atendimentos com psicólogos e aulas de música.

Entre as oficinas que serão desenvolvidas no local estão: sócio ocupacionais e do movimento (com terapeuta ocupacional, fisioterapeuta e educadores físicos e social); música, memória, linguagem, comportamento e atividade da vida diária, com objetivo de preservar a qualidade de vida, autonomia e independência dos usuários; lúdica, aeróbica que trabalha a parte muscular e de socialização entre eles; trabalho em grupo para manutenção do tônus muscular, alongamento, movimentos com cadência para funcionalidade junto com a socialização.