Em sua justificativa pela série de jogos sem vencer, o técnico do Volta Redonda, Luizinho Vieira disse que o time vem criando chances mas não consegue transformar em gols. “ A gente esperava a vitória que seria importante para a sequência da competição. Criamos algumas situações no jogo através da posse de bola, mas infelizmente não conseguimos converter”, disse o treinador que culpou o fato da bola não entrar as derrotas e empates seguidos que o time vem amargando nos últimos seis jogos. A última vitória ocorreu no dia 30 de agosto contra o São José no Rio Grande do Sul.
A partir dai o time acumulou derrota contra o Ypiranga e Londrina empates contra Criciúma, Brusque, São Bento e Boa Esporte. A campanha que começou animadora foi perdendo espaço mostrando a deficiência de alguns setores acrescido da falta de um padrão de jogo que pudesse permitir uma reação dentro da competição. Do primeiro lugar na chave ao atual quinto lugar foi rápido e o pior, a cada jogo o time mostrou queda deixando os torcedores decepcionados e na certeza que o sonho da série B, está ficando cada dia mais difícil.
Queira, ou não os dirigemetem ntes, a crise já existe. Os maus resultados provoca reação negativa dos torcedores que exigem providências imediatas para que no próximo compromisso na quinta feira contra o Ituano fora de casa o time apresente um mínimo de qualidade exigido numa competição como é a Série C do Campeonato Brasileiro.
Resultados da décima rodada
Volta Redonda 0 x 0 Boa Esporte, Tombense 0 x 0 Ituano, Ypiranga 1 x 1 Brusque, Criciúma 2 x 1 Londrina. São Bento x São José completam a rodada na quinta feira 15/10
Classificação: Brusque 23, Ypiranga 18, Criciúma 15, Londrina 14, Volta Redonda 14, Tombense 12, São José 11, Ituano 11, Boa Esporte 6 e São Bento 5.

Na era do VAR erros permanecem apesar da tecnologia


Não se discute o equilíbrio e a qualidade do futebol Brasileiros, mas os equívocos da arbitragem permanecem e em muitas vezes confirmados pelo árbitro de vídeo (VAR), uma tecnologia testada e aprovada em outros países mas que continua gerando discussões e protestos no Campeonato Brasileiro e alguns torneios regionais.
Um gol do Vasco marcado pelo Argentino German Cano anulado no clássico contra o Flamengo, gerou protesto dos dirigentes cruzmaltinos, que prometem ir as últimas consequência para evitar que o clube continue sendo prejudicado nos próximos jogos. No confronto entre Fluminense x Bahia o que acabou dando a vitória para o tricolor carioca foi contestado pelo técnico Mano Menezes. O Fluminense também reclamou de um desvio com as mãos feitos por uma zagueiro do Bahia no primeiro tempo.
Na Ilha do Retiro o Sport reclamou da não marcação de um pênalti quando a bola tocou na mão do jogador Rhuan do Botafogo, ignorado pelo árbitro Rodrigo Dalonso após consultar o VAR. O que adianta ter a tecnologia se a máquina é operada pelo homem ? esbravejou um dirigente Pernambucano.

Contratação de Robinho gera protesto das mulheres Brasileiras

No final de semana o Santos anunciou o retorno do atacante Robinho, ídolo no clube, mas condenado por Estupro na Itália. Este foi segundo uma associação defensora das mulheres o principal motivo do retorno do atacante ao clube de origem por correr risco de ser preso na Europa. “ Contratar um jogador condenado por estupro é uma afronta a todas as mulheres. Celebrar essa contratação e colocá-lo no status de ídolo demonstra que o clube não está nem aí para a vida das mulheres”. Desabafou uma torcedora santista.
– O Santos vinha fazendo uma série de posts de conscientização social, alguns deles falando sobre violência contra mulher. Mas ficou só no discurso. Um clube que contrata um condenado por estupro não parece realmente se importar com a integridade das mulheres. A albanesa do processo do Robinho, Peixe, também é uma mulher. Você realmente se importa?- escreveu Jamille Bullé numa matéria publicada pelo Globo,
Robinho foi condenado em primeira instância, mas às vezes tratam como detalhe o motivo dessa condenação. Não dá pra esquecer que foi por um crime de estupro.

Everton Ribeiro revela pedidos de Tite e celebra volta à cidade peruana de título da Libertadores

O meia Everton Ribeiro abriu detalhes de uma conversa que teve com o técnico Tite e revelou como o comandante da seleção brasileira masculina de futebol quer vê-lo jogar com a amarelinha.
Escolhido para dar entrevista coletiva neste domingo, o jogador do Flamengo estava cotado para substituir Neymar na estreia das Eliminatórias contra Bolívia, mas o camisa 10 se recuperou de dores e foi titular. Everton Ribeiro entrou no segundo tempo da goleada por 5 a 0.
A semana que começa reserva um reencontro especial para Everton Ribeiro e também para o zagueiro Rodrigo Caio. Vestindo a camisa da seleção brasileira, a dupla volta pela primeira vez à Lima, cidade em que foi campeã da Copa Libertadores no ano passado pelo Flamengo, diante do River Plate.


Copa do Brasil 2020: tabela detalhada das oitavas de final


A tabela detalhada das oitavas de final da Copa do Brasil 2020 foi divulgada. Nesta quarta-feira (07), a Diretoria de Competições da CBF publicou todas as informações sobre as partidas decisivas da competição nacional. A fase terá como datas os dias 14, 27, 28 e 29/10 para os jogos de ida, enquanto a volta foi marcada para 25/10, 3, 4 e 5/11. Vale lembrar que Fortaleza, São Paulo, Botafogo, Cuiabá, Santos, Ceará, Atlético-GO, Internacional, Athletico-PR, Flamengo, Corinthians, América-MG, Red Bull Bragantino, Palmeiras, Grêmio e Juventude são as equipes que ainda estão na disputa.
O primeiro jogo da fase será no dia 14/10, quarta-feira, quando o Fortaleza recebe o São Paulo, às 19h15, no Castelão, em Fortaleza (CE). A volta está agendada para 25/10, domingo, às 20h30, no estádio do Morumbi, em São Paulo (SP). Depois, o Botafogo entra em campo diante do Cuiabá na partida de ida na terça-feira (27), às 21h30, no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ). A Arena Pantanal, em Cuiabá (MT), recebe a volta no dia 03/11, terça-feira, às 19h.
No dia 28/10, quarta, a rodada será cheia. Às 16h, Santos x Ceará jogam na Vila Belmiro, em Santos (SP). Em seguida, a bola rola no estádio Olímpico, em Goiânia (GO), às 19h, para Atlético-GO x Internacional. Dois duelos terminam o dia às 21h30, com Athletico-PR x Flamengo na Arena da Baixada, em Curitiba (PR), e Corinthians x América-MG na Neo Química Arena, em São Paulo (SP).
Para o Vozão e os santistas, a volta será na terça-feira, 03/11, às 21h30 na Arena Castelão, em Fortaleza. Os outros três embates se repetem na quarta, 4, com Internacional x Atlético-GO no Beira Rio, em Porto Alegre (RS), às 19h, e os outros dois às 21h30.
Por fim, na quinta-feira (29/10), Red Bull Bragantino x Palmeiras jogam no Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP), às 19h, enquanto Grêmio x Juventude vão à Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS), às 21h30. Os horários se repetem para a volta, que será no dia 05/11, também quinta, para os quatro clubes.