Entrada no local continua gratuita e arrecadação do parquímetro será utilizada para a manutenção do espaço

Imagina aproveitar um dia de lazer com sua família, contato com a natureza e ainda colaborar com a manutenção do espaço? Isso agora já é possível para quem visita o Zoológico Municipal de Volta Redonda.  Dois parquímetros adaptados foram instalados na entrada do Zoo VR para quem quiser doar uma quantia em moedas. Segundo a secretária de Meio Ambiente, Daniela Vasconcelos, o objetivo é despertar o espírito colaborativo das pessoas que frequentam o local.

“O zoológico continua com sua entrada gratuita. Apenas estamos dando a oportunidade da população colaborar, ainda mais, com a manutenção do espaço. Existe um decreto que estipula onde o dinheiro arrecadado deve ser investido. Nosso objetivo é sempre colaborar com o bem-estar dos animais e das pessoas que visitam o local”, enfatizou.

O Zoológico Municipal de Volta Redonda, ou Zoo-VR é o único público do interior do estado. Localizado no perímetro urbano em área de mata atlântica, e no entorno da floresta da Cicuta, o local recebe em torno de três mil visitantes nos finais de semanas e feriados. O prefeito Samuca Silva, destacou a participação da população na manutenção do local.

“O parquímetro adaptado emite um comprovante da doação. Nosso propósito é incentivar a população a colaborar com o espaço, que é o único no Estado do Rio de Janeiro que proporciona esse tipo de lazer de forma gratuita. Pensamos não apenas nos visitantes, mas também na saúde dos animais. Os valores arrecadados serão para limpeza, alimentação e tratamento de saúde dos animais e outras pequenas manutenções do local”, contou.

As doações podem ser realizadas em moedas de 5, 10, 25, 50 centavos ou em moedas de um real. E cada pessoa pode colaborar com até dez reais. De acordo com o morador José Moreira, que caminha todas as manhãs no zoológico a iniciativa é muito importante para o local.

“Como estou sempre aqui caminhando vejo como que manter todo esse espaço requer um custo alto e uma dedicação de todos. Acho que colaborar com o espaço é o mínimo que qualquer cidadão pode fazer pelo zoológico. Aqui é um lugar de lazer e muito bem limpo e bonito, todos nós queremos que ele continue assim”, disse.