Educação apresenta Grupo Municipal de Apoio a Alfabetização para aperfeiçoar o ensino nas escolas de Volta Redonda

0

Encontro reuniu cerca de 120 diretores, supervisores e orientadores educacionais no auditório da Secretara Municipal de Educação

O auditório da SME (Secretaria Municipal de Educação) no bairro Niterói foi o palco nesta quarta-feira, dia 3, de um encontro para a apresentação do grupo GAMA (Grupo Municipal de Apoio a Alfabetização), uma instância da SME que tem por objetivo  aprimorar a política de alfabetização do sistema de ensino municipal. Cerca de 120 diretores, supervisores e orientadores educacionais de 43 escolas participaram da reunião, visando ampliar o foco na alfabetização de crianças, do 1º e 2º anos da educação fundamental.

O prefeito Samuca Silva, falou da responsabilidade que o Gama terá em relação ao ensino público com as crianças dos anos iniciais:

Obrigado a cada um de vocês que fazem um trabalho árduo pela Educação no município. Em especial a este grupo de estudos, investigação da prática, da formação profissional e elaboração de propostas de melhoria da alfabetização nas escolas da rede municipal. Este já é um trabalho bem feito de alfabetização das crianças e que ainda vai avançar mais na qualidade do ensino com este passo valioso, importante para a história da educação pública em Volta Redonda”.

O evento teve a participação da diretora pedagógica da Secretaria, Ionara Hygino Muniz e dos implementadores que compõe o grupo Gama, Alexandre Magno Oliveira (chefe dos anos iniciais), Josiane Gonçalves (linguagem e alfabetização), Débora Cristina de Oliveira (linguagem), Shirley Viviane Faria (Ciências), Douglas Lucas (História e Geografia), Josiane Ribeiro da Cunha (Matemática).

A secretária municipal de Educação, Rita Andrade, explicou a meta que a Secretaria de Educação pretende alcançar: “Ao instituir o GAMA, pensamos em manter o foco na formação continuada, acompanhamento, monitoramento de planejamento de ações no sentido de fortalecer a etapa de alfabetização no município de Volta Redonda. E com isso investimos ainda mais no aperfeiçoamento das práticas pedagógicas, ações estas que promovem a melhoria da qualidade desta etapa da educação básica”, concluiu.

A diretora pedagógica Ionara Hygino, fez um resumo deste trabalho: “Em 2017, ao assumirmos a Secretaria de Educação, demos continuidade ao processo de formação continuada dos professores alfabetizadores. Diversas foram as ações da equipe de anos iniciais no sentido de buscar subsídios nas escolas, que fundamentassem em teoria e prática um trabalho de melhoria qualitativa e quantitativa nessa fase escolar. E assim  hoje, apresentamos orgulhosamente o GAMA, composto por profissionais que têm se dedicado a uma fase tão desafiadora para os estudantes inseridos nas classes de alfabetização de nossas escolas”.

Ela citou todos os implementadores do Grupo de Apoio, agradeceu a dedicação de todos que “fazem da Educação de Volta Redonda um modelo para a nossa região”, ressaltando o trabalho das equipes: “As unidades educacionais aqui presentes são responsáveis por este processo. Direção, equipes técnicas, professores, serão os condutores deste trabalho”, comparou.

O diretor da Escola Municipal Graciema Coura, implementador dos Anos Iniciais,  Alexandre Magno,  lembrou que o papel da escola não é o de reprovar o aluno, o que pode até acontecer, mas trabalhar principalmente no foco para que o aluno tenha sucesso tanto no individual,  como na interação com a sociedade. “O plano de ação do Gama está ligado ao monitoramento e acompanhamento da aprendizagem, o desempenho do aluno, o aperfeiçoamento da prática pedagógica onde a formação do professor é fundamental”, ressaltou Magno.

A dirigente de turno da Escola Municipal Paulo VI, Marilia Botelho de Ramos, comentou o evento: “A equipe está passando muita segurança, porque eles estão envolvidos, comprometidos com este objetivo, de ações com direcionamento para os professores que trabalham com os alunos de 1º e 2º anos do ensino fundamental. Muito positivo toda essa orientação que estamos recebendo para aprofundar o desempenho com as turmas de alfabetização”.