Eles aprenderam a confeitar um bolo em formato de Árvore de Natal na manhã desta terça-feira, dia 18, em supermercado de um shopping da  cidade

Um workshop de culinária foi o programa dos integrantes do projeto Super Ação, da secretaria de Ação Comunitária de Volta Redonda, voltado para população de rua assistida pelo Abrigo Seu Nadin e Centro POP, na manhã desta terça-feira, dia 18. Eles aprenderam a fazer um bolo em formato de Árvore de Natal e ainda dicas de como aproveitar integralmente os alimentos. O curso foi ministrado pelo Supermercado Bramil, que fica no Shopping Park Sul.

De acordo com o secretário de Ação Comunitária de Volta Redonda, Marcus Vinícius Convençal, a iniciativa foi realizada em parceria como Supermercado Bramil. “Fomos convidados a participar e achamos queo workshop de culinária podia chamar atenção deles para a importância da boa alimentação, além de inseri-los no dia a dia da sociedade”, afirmou.

A culinarista do supermercado, Giulia Ribeiro, explicou que o Cozinha Mil, nome do projeto da empresa, existe há dez anos é que era um prazer receber um público diferenciado. “É uma satisfação saber que hoje vou ensinar além da confecção de um bolo. Eles podem aprender e gerar renda com esse produto ou apenas usar a receita para comemorar a nova vida”, falou,lembrando que o objetivo primário é apresentar os produtos de marca própria e aproximar a empresa da comunidade onde está inserida.

José Henrique Moraes Neves veio de Salvador e chegou a Volta Redonda em julho deste ano. “Estou no Super Ação há dois meses. Encontrei no projeto a base e a segurança que precisava para mudar de vida e conquistar uma vaga no mercado de trabalho. Qualquer atividade que traga aprendizado é válida”, afirmou, completando que o serviço de ação social de Volta Redonda merece elogios. “Fui muito bem assistido aqui”.

Jurandi Astério de Oliveira, de Volta Redonda, está pela segunda vez no projeto. “Estou firme para persistir no Super Ação eme dedicando às atividades do grupo”, falou. 

SUPERAÇÃO – O projeto,coordenado pelo Abrigo Municipal Seu Nadim, Centro POP e serviços referenciados ao Departamento de Proteção Especial (DPES) da Smac, atende hoje 12 pessoas. O público prioritário do Super Ação é composto por pessoas adultas, entre 18 e 59 anos, em processo de saída das ruas,acompanhados pelo Centro POP ou pelo Abrigo Municipal.

O objetivo é oferecer suporte a esta população, com acompanhamento nas áreas social, de saúde, lazer, cultura além de proporcionar uma atividade laborativa de geração de renda e autonomia financeira. O projeto visa inserir o usuário no tratamento especializado utilizando as Redes de Atenção e Cuidado; estimulara autonomia, socialização, cidadania, responsabilidade e ocupação a fim de desenvolvera interação em grupo; garantir acesso à documentação civil; ao programa de transferência de renda; inserção no Centro de Referência à Assistência Social(CRAS) através do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos; monitoramento para a Rede de Saúde.

O interessado em participar do projeto deve estar em acompanhamento no Centro POP ou no Abrigo Municipal; estarem acompanhamento pela Rede de Atenção Psicossocial (CAPS, CAPS AD), ser selecionado através de processo seletivo. Além disso, é primordial que haja manifestação do desejo do usuário do serviço de participar do projeto.

A princípio, a pessoa participa do projeto por três meses, período pelo qual será avaliado sendo então encaminhando para o mercado de trabalho formal caso seja considerado apto para isso.Os usuários serão avaliados através de reuniões de equipe onde seus casos serão discutidos.

O projeto SuperAção garante ainda uma bolsa-auxílio no valor de meio salário mínimo vigente. O dinheiro possibilita sua subsistência por um determinado período de tempo até que alcance a autonomia financeira.