Voluntários do CVV conversaram com os pacientes e distribuíram materiais divulgando o serviço prestado pela organização não governamental

O Hospital Municipal São João Batista (HSJB) recebeu na tarde dessa quarta-feira, dia 18, uma equipe do Centro de Valorização da Vida (CVV) para falar sobre o Setembro Amarelo, cujo objetivo é conscientizar sobre a prevenção ao suicídio e alertar a população sobre essa realidade no Brasil. Durante todo o dia, os voluntários conversaram com pacientes e distribuíram materiais divulgando o serviço prestado pela organização não governamental.

O coordenador do Serviço Social e Psicologia do Hospital São João Batista, Ailton Carvalho, explicou a importância dessa parceria. “Eles vão de leito em leito fazendo essa sensibilização que é muito importante para esses pacientes. A internação prolongada, muitas vezes, contribui para uma baixa alta estima e para um pensamento negativo. Então aproveitamos esse momento para fazer esse trabalho que tem um efeito muito positivo”, disse o coordenador.

O secretário Municipal de Saúde, Alfredo Peixoto lembrou que o assunto que já foi um tabu muito maior, ainda enfrenta grandes dificuldades na identificação de sinais, oferta e busca por ajuda, justamente pelos preconceitos e falta de informação. “A cada 45 minutos um brasileiro tira a própria vida. Esse número já deveria ser suficiente para estimular as pessoas a se mobilizarem pela prevenção dessas mortes precoces, mas apesar dos avanços, os tabus, preconceitos e vergonhas ainda são adversários nessa luta”, disse o secretário.

De acordo com a integrante do CVV, Maria Cecília da Silva a iniciativa faz parte do CVV Comunidade que tem como objetivo entrar em contato com as pessoas.  “Nosso objetivo é ajudá-las a superar esse momento da vida. Somos uma organização não governamental, que através do número 188, ouve e presta apoio emocional as pessoas que ligam. Além disso, fazemos prevenção do suicídio. O serviço é gratuito e funciona 24 horas por dia”, concluiu.