Unidade tem a única maternidade pública de Volta Redonda e é referência para partos de alto risco

O Hospital São João Batista (HSJB), principal unidade de urgência e emergência da Rede Municipal de Saúde de Volta Redonda, atingiu a marca de 1.436 partos realizados em 2020. A maternidade, única pública do município, conta com 15 leitos de alojamento conjunto, oito leitos de tratamento de gestante de alto risco e é referência para partos de alto risco, das pacientes que realizam pré-natal de alto risco (PNAR) na Policlínica da Mulher. Além disso, a unidade possui UTI (Unidade de Terapia Intensiva) Neonatal com dez leitos de internação.

A gerente de Enfermagem do hospital, Cíntia Cristine da Silva, lembrou que o município de Volta Redonda, com o HSJB, também é referência para partos de gestação de alto risco e internações na UTI neonatal. “A unidade assiste pacientes de Pinheiral e Pirai, pactuados pela Rede Cegonha”, explicou.

Ela acrescentou que esta característica faz com que o número de partos por cesariana ultrapasse o de partos normais. Em 2020, até agora, foram 655 nascimentos por parto normal e 781 por cesariana. “A maternidade do hospital segue uma agenda de cesarianas para pacientes acompanhadas pela Policlínica da Mulher, onde são feitos o PNAR”, explicou, lembrando que as pacientes que realizam planejamento familiar e fazem a laqueadura na hora do parto também fazem partos por cesariana.

O fluxo de atendimento da gestante prevê atendimento por enfermeira obstetra na Classificação de Risco, onde é avaliada a necessidade de atendimento imediato. Em seguida, a gestante passa por avaliação do médico ginecologista obstetra de plantão que traçará a melhor conduta para o caso.

A maternidade do Hospital São João Batista ainda conta com equipe multidisciplinar para o atendimento das mães e acompanhantes. Psicólogo, assistente social, fisioterapeuta e fonoaudiólogo estão à disposição dos usuários.

ATENDIMENTO HUMANIZADO – A Maternidade dispõe de Sala de Espera, Sala de Acolhimento/Admissão, Sala de Medicação, Sala de Pré-Parto, Sala de Parto, Sala Cirúrgica para procedimentos obstétricos e ginecológicos, Enfermarias de Alojamento Conjunto e Enfermaria para Tratamento Obstétrico e Ginecológico. O período de funcionamento é 24 horas por dia, durante os sete dias da semana.

Um dos grandes diferenciais do atendimento do setor está no acolhimento e na garantia do bem-estar do binômio mãe-filho. Na Sala de Pré-parto e Parto, o trabalho de forma humanizada é realizado por equipe capacitada para desenvolver todas as técnicas não farmacológicas para alívio da dor durante o trabalho de parto. Além disso, a gestante pode contar com acompanhante durante todo o processo. Para a realização desta humanização, o hospital dispõe de bola de pilates, bolsa de água quente e bolinhas para massagem.

No alojamento conjunto, o acompanhante pode permanecer com a paciente e a equipe de enfermagem e do Banco de Leite Humano da instituição realizam assistência para mãe e filho, incentivando a amamentação. Esse local promove conforto e o maior contato possível entre a mãe e o bebê, num mesmo ambiente, reforçando os cuidados e a segurança com a saúde.

Secom/VR, com fotos de arquivo