Metodologia adotada no município foi citada pelo website do Observatório Internacional de Democracia Participativa (OIDP)

O Orçamento Participativo de Volta Redonda (OP-VR) foi reconhecido pelo Observatório Internacional de Democracia Participativa (OIDP) e citado pela página e website da rede nesta terça-feira, dia 28. Em 2019, o OP de Volta Redonda ficou entre os dez finalistas para receber o “Prêmio de Boas Práticas em Participação Cidadã”, organizado pela rede, e obteve votos de governos de diferentes localidades do mundo.

O prefeito do município, Samuca Silva, afirmou que é um marco para Volta Redonda ter a metodologia do Orçamento Participativo reconhecida por uma das principais organizações que tratam de democracia participativa no mundo. “O destaque mostra o compromisso contínuo da gestão com o diálogo com a população, a eficiência e a transparência nos atos da administração municipal”, salientou.

O OIDP é uma rede internacional aberta a todas as cidades e organizações com interesse em conhecer, intercambiar e aplicar experiências sobre democracia participativa no âmbito local. Desde 2001, a rede realiza anualmente uma conferência internacional para discutir e refletir sobre o estado da democracia participativa no mundo. A conferência reúne políticos, técnicos, acadêmicos e ativistas.

No website da rede, é possível consultar a íntegra da prática adotada em Volta Redonda, com destaque ao seu objetivo, que é o de reduzir as desigualdades políticas e urbanas em nível local. O texto completo da experiência pode ser acessado em https://oidp.net/pt/ na opção “Estudos de Caso”.