Prefeito solicita à população que não coloque entulhos e terras decorrentes de deslizamentos nas calçadas; ação será realizada pela administração municipal com apoio da associação de moradores. Campanha de doação de móveis, agasalhos e alimentos é organizada.

As fortes chuvas que caíram em Barra Mansa na noite deste domingo (17) provocaram estragos em diversos pontos da cidade. Desde as primeiras horas das chuvas o prefeito Rodrigo Drable está monitorando a situação. Ainda de madrugada, o chefe do Executivo determinou que equipes da Defesa Civil, Secretaria de Manutenção Urbana, SAAE – BM (Serviço Autônomo de Água e Esgoto) e da Guarda Municipal atuassem de maneira a enfrentar os problemas mais graves provocados pelo temporal, evitando riscos e maiores perdas materiais à população atingida pela situação.

Segundo informações do coordenador da Defesa Civil, Sérgio Mendes, o Serginho Bombeiro, em três horas o volume de chuvas atingiu 70 milímetros. “Em geral, essa quantidade é registrada durante três dias de chuvas fortes, sem interrupção”.

Na Região Leste, foram registrados pontos de alagamento, o desabamento de três casas e queda de barreiras na BR-393, rodovia de responsabilidade do DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), e policiada pela PRF (Polícia Rodoviária Federal). Apesar dos inúmeros chamados da prefeitura, nenhum dos órgãos se mobilizou para a desobstrução da estrada, serviço que foi realizado pela própria administração municipal.

Pela manhã, ainda na Região Leste, a Defesa Civil interditou um Centro Educacional na Rua Santina Pereira de Melo, e vistoriou diversos imóveis na Rua Nilton Mariano de Lima.

O Rio Barra Mansa transbordou na altura dos bairros Santa Clara, Boa Sorte, Nova Esperança e São Luiz, em decorrência de uma tromba d’água na área Rural do município de Rio Claro. O nível do rio subiu de 0,55 metros para 4,59 no seu momento mais alto, por volta de 01:30 da manhã. Foi o maior volume de chuva já registrado para a região.

Por volta das 12 horas desta segunda-feira (18), o nível do Rio Paraíba do Sul estava em 2,84 metros. Em situações normais, o volume registrado é de 1.90 metros. O nível de reservatório de Furnas Centrais Elétricas esta em 83% e a vazão em 297 metros cúbicos por segundo.

A previsão do Climatempo para hoje (18) é de sol com muitas nuvens e pancadas de chuva à tarde e à noite.

LIMPEZA – O prefeito Rodrigo Drable solicitou aos moradores atingidos pelas chuvas que não depositem nas ruas as terras decorrentes dos deslizamentos. A intenção é fazer o recolhimento desse material e outros entulhos de maneira organizada pela administração municipal com apoio das associações de moradores dos bairros.

 

Prefeitura organiza campanha de doação           

A prefeitura, por meio da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos, está contabilizando o quantitativo de famílias desalojadas no município. Uma campanha de doação de móveis, em bom estado de conservação, agasalhos e alimentos não perecíveis já está sendo organizada.

A partir das 16 horas desta segunda-feira, um caminhão estará na Praça da Matriz de São Sebastião, para receber os donativos de alimentos e agasalhos. Já os móveis devem ser entregues diretamente na Secretaria de Assistência, localizada à Rua Oscar da Silva Marins, 252, próximo à prefeitura. Quem quiser doar e não tiver condições de entregar os móveis na sede do órgão, deve entrar em contato pelos telefones (24) 3322-8436/ 3322-8098 e 99987-5998. A secretaria providenciará um veículo para buscar os móveis.