Samuca Silva conheceu todo o processo, desde o depósito das sucatas até a instalação nas vias públicas do município

Pensando num projeto de sustentabilidade e de economia do dinheiro público, a Prefeitura de Volta Redonda iniciou as instalações de lixeiras totalmente recicladas. Para conhecer um pouco mais dessa iniciativa, o prefeito Samuca Silva, esteve na manhã desta terça-feira, dia 19, conhecendo todo o processo de fabricação dessas lixeiras que serão instaladas em todo o município.

A primeira visita foi num depósito improvisado da prefeitura, onde estão guardadas carteiras e cadeiras há mais de 15 anos, sem utilização. “Nasce uma nova forma de valorizar o dinheiro público. Nós temos uma necessidade de lixeiras em Volta Redonda, que em média custaria aproximadamente R$100 reais, cada uma. Então decidimos utilizar esse material para que ele retorne a sociedade, em forma de lixeiras”, lembrou Samuca completando que essa é uma ação em respeito ao dinheiro público e também ao meio ambiente.

Com o reaproveitamento das mesas e cadeiras, o material é encaminhado para a Secretaria Municipal de Infraestrutura, onde começa a ser transformado em lixeira. Os serralheiros utilizam a ferragem para fazer a estrutura e as madeiras para fazer a tampa. “Com duas cadeiras é possível fazer uma lixeira. Por dia, nossa equipe consegue produzir mais de 10 lixeiras, em média”, afirmou o secretário de Infraestrutura, Toninho Orestes.

Após esse acabamento, as lixeiras estão prontas para serem instaladas. O primeiro lugar a receber essas lixeiras foi a Praça Sávio Gama, a praça da prefeitura, no bairro Aterrado.

Segundo o diretor da SMI e idealizador do projeto, Rodolfo de Oliveira, ele foi apenas o criador do projeto, mas que a ideia de aproveitar essas carteiras antigas para serem transformadas em algo positivo na cidade foi do Prefeito Samuca Silva. “Assim que surgiu essa demanda do prefeito, que tinha a vontade de fazer um projeto de sustentabilidade, com o meu olhar criei esse trabalho. Aprimorei o projeto, criei um protótipo e o preito aprovou, a partir daí começamos a trabalhar em cima dele”, explicou Rodolfo.

“Pensando de forma sustentável e econômica que lançamos essa ideia. As novas lixeiras são totalmente reutilizadas e será instalada em todo o município”, finalizou o prefeito.