Docentes do 1º ao 5º ano tiveram projetos premiados em dez categorias

Reconhecer as ações de sucesso implementadas pelos docentes no processo de aprendizagem dos alunos é o objetivo do prêmio Praticando, realizado pela Prefeitura de Volta Redonda. E na manhã desta quinta-feira, dia 17, foram conhecidos os projetos vencedores, em solenidade realizada no auditório da secretaria Municipal de Educação. As categorias premiadas são: Ciência, Educação Física, Geografia, História, Sala de Leitura, Matemática, Língua Portuguesa, Informática, Inglês e alfabetização. Ao todo, 30 unidades escolares concorreram.

“Gostaria de parabenizar os profissionais que participaram e que tiveram suas práticas premiadas pelo Departamento Pedagógico da SME. O intuito do prêmio é valorizar e compartilhar práticas pedagógicas que tornem o processo de ensino-aprendizagem significativo e prazeroso. Além disso, elencar ações de sucesso na aprendizagem dos alunos, que beneficiam a educação do município”, contou o prefeito Samuca Silva.

Os professores vencedores de cada categoria foram: Nívea Costa (Ciência), Luciana Pereira (Educação Física), Fernanda Andrade (Geografia), Roberta Silveira (Sala de Leitura), Karina Cardoso (Matemática), Claudinéia Reis (Língua Portuguesa), Gislaine Souza (Informática), Natália Martins (Inglês) e Kelly Costa (Alfabetização).

Para Fernanda Andrade, da Escola Municipal São Francisco, premiada com o projeto TurVR, na categoria de Geografia, participar do prêmio é motivador. “Fiquei muito feliz e surpresa pelo meu trabalho ter sido escolhido. Esse prêmio motiva os profissionais e, principalmente, proporciona o momento de compartilhar nossas práticas que são realizadas dentro da sala de aula. Às vezes, só conseguimos mostrar nosso trabalho ali, mas com essa premiação, mostramos toda a grandeza com que realizamos o trabalho”, disse.

Uma das etapas da competição foi realizada com o compartilhamento das práticas docentes na Discussão Pedagógica em todas as escolas dos anos iniciais, que aconteceu em agosto deste ano e contou com a participação de 43 unidades escolares.

“Precisamos aproximar a família da escola e chegar mais perto dos alunos para que possamos trabalhar e entrar na vida dessas crianças, além de fazer um trabalho melhor que já realizamos”, declarou a secretária de Educação, Rita Andrade, acrescentando que o objetivo é mostrar também as ações pioneiras que há na rede municipal de ensino. “Começamos a realizar a Discussão Pedagógica e todo ano já existe o Encontro de Docentes, momento em que os profissionais podem trocar experiências do dia a dia. O intuito é partilhar realmente o conhecimento e não ranquear essas atividades”, finalizou.