Projeto se estenderá para os bairros Vila Ursulino e Morada Verde

Por determinação do prefeito de Barra Mansa, Rodrigo Drable, o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) e a Superintendência de Obras e Serviços Públicos (Susesp) iniciaram na manhã desta quarta-feira (2), o projeto Operação Reconstrução no bairro Santa Maria II. A iniciativa conta com a realização de serviços de iluminação pública, capina, roçada, poda baixa e alta, limpeza e desentupimento de bueiro, pintura de meio fio e coleta de entulho e volumosas. Durante o mês de maio o choque de ordem será estendido a Vila Ursulino e ao Morada Verde.

A projeção do diretor executivo do Saae, Fanuel Fernando, é que pelo menos 180 toneladas de entulhos sejam retirados do Santa Maria II. Todo material será encaminhado para o Centro de Tratamento de Resíduo Sólido do município. “Paralelo a operação de limpeza geral, será efetuada a distribuição de informativos à população com foco na preservação dos serviços. Nossa meta é ter os moradores como aliados neste processo de manutenção da limpeza das vias públicas e dos bueiros”, disse Fanuel.

De 2017 até os dias atuais, a prefeitura conseguiu reduzir em 50% a quantidade de lixo e entulho depositados nas ruas de maneira irregular. “Essa queda se deve a iniciativa de conscientizar a população de que a conservação da limpeza do município é responsabilidade de cada um, além da ação de fiscalização do próprio poder público que tem atuado de maneira eficaz nos casos em que há necessidade de emissão de notificações, autuações e emissões de multas, que variam entre R$ 600 e R$ 5 mil, conforme legislação ambiental”, destacou o diretor executivo, ressaltando que a poluição visual, provocada pela afixação de cartazes em postes de iluminação elétrica, pontos de ônibus e pontes, também está sendo coibida.

O serviço de mutirão envolve diretamente uma equipe de 20 profissionais do Saae e Susesp, além de cinco caminhões, uma retroescavadeira e seis roçadeiras. O vereador Marquinho Pitombeira acompanhou o primeiro dia de serviço.

APROVAÇÃO – Mauro Alves, comerciante da Rua Risoleta Neves, comentou acerca do serviço. “A gente reclama e cobra o serviço da prefeitura. Quando ele chega ao bairro temos que agradecer. Esse serviço é essencial para todos nós e de extrema importância para o município”, disse.

Carlos Magno Biajoni, morador do santa Maria II há mais de 20 anos, relatou que há tempos a comunidade solicitava o serviço de limpeza. “O mutirão de maneira direta nos traz bem estar, dignidade, além de segurança, pois retira o mato alto e melhora a iluminação pública”, concluiu.