Iterligações na rede adutora serão feitas nesta terça-feira, dia 13, e os testes de distribuição de água estarão concluídos em cerca de dez dias

Em menos de um mês, a Prefeitura de Volta Redonda conclui a implantação da nova rede de distribuição de água potável construída ao longo da Estrada Francisco Torres, entre os bairros Voldac e São Luiz. Os 3,5 mil metros de rede instalados têm como objetivo ampliar a vazão d’água e resolver um problema histórico de abastecimento na região que inclui oito bairros, beneficiando cerca de 40 mil moradores.

A obra, um investimento de R$ 2 milhões, foi realizada por meio de parceria público-privada (PPP). A nova rede vai atender os bairros São Luiz, Nova São Luiz, São Sebastião, Califórnia, São Luiz da Barra, Bairro de Fátima, União e São Francisco.

Nesta terça-feira, dia 13, duas equipes do Saae-VR (Serviço Autônomo de Água e Esgoto) fizeram as interligações na rede adutora que vão permitir o início dos testes de distribuição de água. Cerca de 15 funcionários, com apoio de retroescavadeira e dois caminhões, foram divididos em dois pontos. A primeira equipe executou o serviço no bairro Voldac, no início da nova rede, Estrada Francisco Torres; o outro grupo atuou no cruzamento da estrada com a Rua Guimarães Rosa, no São Luiz.

O diretor-presidente do Saae-VR, José Geraldo dos Santos, o Zeca, explicou que o próximo passo é o início dos testes para checar o funcionamento da nova rede e fazer os ajustes necessários. “Na quarta-feira, dia 14, a tubulação receberá água pela primeira vez e vamos verificar toda extensão para identificar qualquer possível ponto de vazamento. A análise pode durar dez dias em média”, disse.

Ele lembrou ainda que o sistema de bombeamento implantado no bairro Voldac, que marca o início da nova rede de água, está subdimensionado. “Com a ampliação da vazão, a quantidade de água disponível para toda região do São Luiz vai aumentar, conseguindo abastecimento mais eficaz”, falou Zeca.