Empresa, com sede em Volta Redonda, tem mais de 70% do quadro de funcionários formado por moradores do município

O prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, juntamente com os secretários de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Joselito Magalhães, e de Comunicação, Fernando Samuquinha, foi recebido pela diretoria da CBSI (Companhia Brasileira de Serviços de Infraestrutura), no final da manhã desta sexta-feira, dia 05, na sede da empresa, no Aterrado. Em pauta, a oferta de vagas de emprego no município, impulsionada pelo Mutirão do Emprego, realizado no último dia 1º de maio.

A diretoria da empresa, que começou a operar em 2012 a partir de uma Joint Venture entre a CSN e a CKTR, e atua em seis estados, convidou Samuca para apresentar o projeto de expansão da área de atuação, que deve gerar mais vagas de emprego em Volta Redonda. Hoje, o quadro da CBSI conta com 4.788 funcionários, sendo 72% destes, moradores do município.

O diretor Administrativo Financeiro da empresa, Cássio Rodrigues Zanforlin, lembrou que a parceria entre a CBSI e a cidade foi estreitada com a realização do Mutirão de Empregos pela prefeitura, no dia 1º de maio. “Já chamamos 900 pessoas que entrevistamos no evento”, contou.

Ele acrescentou que o ambiente de negócios promovido pela prefeitura em Volta Redonda favorece o crescimento da empresa e, por consequência, o aumento na oferta de emprego. “Trabalhamos com essa interação com o município. Acolhemos pessoas com diferentes perfis sociais e escolaridade”, falou Cássio.

O diretor da CBSI acrescentou que a empresa, a exemplo da nova gestão na Prefeitura de Volta Redonda, trabalha com a capacitação constante dos funcionários. “Para os que não têm o ensino médio completo, por exemplo, incentivamos a procurar o EJA (Educação para Jovens e Adultos), além de orientar a procura por especialização. Desta maneira ajudamos a qualificar a mão de obra do município, que também ganha”, disse,  

O prefeito Samuca Silva afirmou que a geração de empregos é uma das prioridades em sua gestão e para alcançar esse objetivo é imprescindível criar mecanismos para facilitar a implantação e o funcionamento de empresas no município. “O trabalho garante dignidade às pessoas”, acredita.

Samuca lembrou ainda que trabalha para transformar Volta Redonda num Pólo Metal Mecânico e Tecnológico, garantindo incentivos fiscais para empresas do ramo se instalarem no município. “A chegada de novas empresas de beneficiamento de aço pode criar novas oportunidades de negócios para a CBSI e, assim, novas vagas para moradores da cidade, já que a empresa tem esse compromisso de priorizar a mão de obra local”, falou.

Ainda estavam na reunião o diretor de Operações e Comercial da CBSI, Rodrigo Rogério de Braga Moreira, e o gerente Comercial e Novos Negócios Fernando Oliveira Pinto.