Mais de 25 peças retratam os orixás e a cultura negra

A Secretaria de Políticas para Mulheres, Idosos e Direitos Humanos de Volta Redonda (Smidh) está recebendo em seu Corredor Cultural, a exposição “Poder da Raça”, do artista plástico Flávio Dutra. As mais de 25 peças do artista estão ligadas ao tema ligado a igualdade racial e os orixás, símbolos da cultura negra. Os trabalhos do artista são feitos em chassi de madeira, massa plástica e pintura.

“Quando me apresentaram a proposta de expor aqui na secretaria fiquei muito emocionado, todo meu trabalho foi inspirado em um poema de um amigo. Estudei muito para realizar essa exposição, me identifico muito com o tema e  adoro retratar a cultura negra”, contou.

Segundo Dayse Penna, secretária da pasta a exposição é muito rica em detalhes. “É uma bela exposição. Tem uma qualidade e um talento muito bem trabalhado nas obras de arte pelo artista. E trata de um tema relevante para a secretaria. Nós temos o compromisso de abordar a igualdade racial. As obras instigam um olhar sobre a cultura negra de uma forma diferente”, enfatizou.

Para a visitante Fernanda Ferreira, o trabalho é impressionante. “Fiquei admirada com todas essas obras, elas são lindas. A verdade e a forma que os orixás aparecem são muito impressionantes”, disse.  Além de expor suas peças, o artista pretende realizar uma oficina, contou a secretária. “A exposição mostra toda a beleza dos negros e principalmente as dos orixás que são retratados de forma muito sutil. O artista pretende ministrar uma oficina com suas técnicas aqui na secretaria, estamos trabalhando para isso”.

De acordo com o prefeito Samuca Silva, o Corredor Cultural valoriza os artistas da cidade. “Usar esse espaço para valorizar os nossos artistas é fundamental. Temos que proporcionar cultura para a todos, e estimular esses trabalhos que relatam a história dos negros”, disse.