De acordo com os números do Caged referentes a junho, setor de serviços foi o que mais gerou postos de trabalho

Volta Redonda vem registrando uma retomada na geração de empregos, após o impacto que vem sendo causado pela pandemia de Covid-19. De acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério da Economia, o município apresentou em junho o primeiro saldo positivo desde março, mês em que ocorreram os primeiros casos do novo coronavírus na cidade. Foram 1.405 admissões e 1.308 demissões, um saldo de 97 novos postos de trabalho.

O crescimento no número de admissões foi puxado pelo setor de Serviços, que teve saldo positivo de 306 novos postos de trabalho em junho (813 contratações contra 507 demissões). O setor agropecuário, com pequena participação no cenário de empregos na cidade, também teve saldo positivo, de um posto de trabalho. Os outros índices foram: Comércio (menos 44); Construção civil (negativo de 50); e Indústria (menos 116).

O último saldo positivo na geração de empregos em Volta Redonda havia sido registrado em fevereiro: 133 postos de trabalho criados. Desde março, quando começaram os fechamentos das atividades econômicas pelo país, até o mês de maio, os índices foram negativos.

O prefeito Samuca Silva ressalta que essa melhora recente precisa da participação da população para continuar. Segundo ele, o Governo Municipal já ampliou a quantidade de leitos clínicos e de UTI para Covid-19, adotou um protocolo de tratamento que vai reduzir fortemente a necessidade de internações, além de continuar reforçando a higienização e sanitização dos espaços públicos.

“Para que a vida continue a se aproximar do normal, precisamos que a população faça sua parte, evitando as cenas lamentáveis de aglomeração que temos assistido e que nos forçaram a fechar a Colina mais uma vez. É preciso que todos nos conscientizemos de que, embora o vírus esteja sob controle, ainda não vencemos essa doença. Se puder, fique em casa”, pediu o prefeito.

A vocação de Volta Redonda na geração de empregos foi retomada nos últimos anos, graças a diversas ações do Governo Municipal, como a desburocratização de processos e serviços e o incentivo ao empreendedorismo.

Recentemente, a prefeitura, por meio da secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SMDET), criou o novo espaço do Banco VR de Fomento, agora localizado na Rodoviária Municipal. O objetivo é melhorar o atendimento aos microempreendedores individuais. Outra conquista recente foi a plataforma gratuita Compras VR, que é oferecida pela prefeitura para os empresários, visando criar um canal de compras virtuais em Volta Redonda.

“Nossa cidade foi a que mais gerou empregos no estado nos últimos anos e foram muitas as frentes de trabalho para que isso saísse do papel. Criação do Alvará Fácil, do Regin, Rua de Compras, regularização de ambulantes são algumas, além do Polo Metalmecânico, que teve sua implantação acelerada com a recente aprovação da lei que garante incentivos fiscais para empresas beneficiadoras de aço”, lembrou o prefeito Samuca Silva.