O Volta Redonda continua vivo na briga por uma vaga na semifinal da Taça Guanabara. Isso porque, com dois gols de João Carlos, o Esquadrão de Aço venceu o Americano por 2 a 1 no Elcyr Resende.

Com o resultado, o Tricolor chegou aos sete pontos e está empatado com o Fluminense na segunda colocação do grupo B, perdendo apenas no saldo de gols.

Na próxima rodada, o Voltaço recebe a Portuguesa-RJ no Raulino de Oliveira. A partida será às 19h.

O jogo

O primeiro tempo foi de total domínio do Volta Redonda. Logo no primeiro minuto, Douglas Lima recebeu em velocidade, invadiu a área e tocou para João Carlos, que, de letra, mandou para o gol, mas o defensor adversário, em cima da linha, impediu o gol. Aos nove minutos, Gelson arriscou da entrada da área e obrigou o goleiro a fazer grande defesa.

A pressão tricolor continuou e aos 30 minutos saiu o gol. Gelson foi derrubado na área. Pênalti que João Carlos bateu com tranquilidade e abriu o placar no Elcyr Resende.

Na volta do intervalo, o Americano se mandou em busca do empate, mas acabou parando em Douglas Borges, que estava em tarde inspirada e fez, pelo menos, três grandes defesas. Na mais incrível, aos seis minutos, o atacante adversário saiu cara a cara com o paredão tricolor que cresceu para cima dele e evitou o empate.

Após a parada técnica, o jogo ganhou em emoção. O Americano conseguiu empatar com Gabriel aos 23 minutos. Entretanto, não deu nem tempo para os mandantes comemorarem. Um minuto depois, Jorge Luiz foi derrubado na área. Mais um pênalti para o Voltaço. João Carlos foi para a cobrança e recolocou o Voltaço na frente do placar.

O Americano até criou chance de empatar no minuto seguinte, porém, parou em Douglas Borges novamente. Fim de jogo no Elcyr Resende. Americano 1×2 Volta Redonda.

Campeonato Carioca – 4 rodada da Taça Guanabara
Americano 1×2 Volta Redonda
( 30/01/19 – estádio Elcyr Resende – 17h)

Volta Redonda: Douglas Borges; Luís Gustavo, Daniel Felipe, Heitor e Luiz Paulo; Bruno Barra, Bileu (Núbio Flávio) e Gelson; (Gabriel Correia) Douglas Lima (Jorge Luiz), Wandinho e João Carlos. Técnico: Toninho Andrade.

Gols: João Carlos (2)

Cartão Amarelo: Douglas Borges, Heitor, Bileu, Douglas Lima e Luís Gustavo

Público: 137 pagantes

Renda: R$ 11.000,00